OCTYPE html> AILÉ AILÉ (LETRA) - Zeca Afonso

Ailé Ailé (Letra)

Zeca Afonso - Letras

Ailé Ailé (Letra) - Zeca Afonso

Limpa a bota
Cava na trincheira
Puxa-lhe
Pela crina
Corta as pinças
A centopeia
Poe-lhe uma pedra
Em cima
Mata a bicha
Que está bem cheia
Morde-lhe a perna
Fina
Corta a língua
Fura a traqueia
Que ela estrebucha
Ainda
Se ela assopra
Cospe-lhe à beira

Dá-lhe c’os pés
A bruta
Ninguém topa
Que é cuspideira
Salta-lhe
P’rá garupa
Tanto cavas
A cova funda
Que há-de acabar
A bicha
Poe-lhe a terra
Sobre a corcunda
R’ra nao se ver
A crista

Ailé Ailé (Letra) - Zeca Afonso