OCTYPE html> FAVELA (LETRA) - Wander Pires

Favela (Letra)

Wander Pires - Letras

Favela (Letra) - Wander Pires

Somos uma senzala sem correntes
Gente que fez, da dor, inspiração
Da imigração, vem a herança
Filhos da miscigenação
Equilibristas na corda bamba da necessidade
Desafiando a gravidade na mais pura arte do saber viver
Arquitetando o dia a dia pra vencer
A alegria revelando a nossa voz
O morro vê do alto a cidade
Se há justiça de verdade
Alguém também há de olhar por nós

A poesia cresceu por entre becos, Velas
Chegou no asfalto e gritou: Eu sou favela!
Somos artistas, romeiros… Barreiras vamos quebrar
Com o improviso e a fé a nos guiar

Lutar, para sempre lutar
Até encontrar… No peito, a força da superação
Driblar a miséria e a violência
A esperança é a nossa missão
Verás que um filho teu não foge a luta
Virá um novo som a ecoar
É diferente, o swing favelado
Ninguém vai ficar parado, preconceito já não há
As tribos se uniram pra vitória
Chegou a nossa hora… Deixa o povo cantar!

Eu sei que a morada do samba é lá (Ô)
Por isso Deus vai nos abençoar
Lá vem São clemente na passarela
Mostrar ao mundo o que é favela

Favela (Letra) - Wander Pires