OCTYPE html> JUNINHO (LETRA) - Valderi e Mizael

Juninho (Letra)

Valderi e Mizael - Letras

Juninho (Letra) - Valderi e Mizael

Ao regressar de uma viagem que fazia
Foram vinte longos dias parecia não ter fim
Pois a saudade no meu peito remoía
E rever minha família era tudo para mim
Ao avistar de noite a pequena cidade
Dobrei a velocidade com a pressa de chegar
Mesmo sabendo ser proibido pela lei
A buzina eu acionei tão contente ao regressar

Ao encostar meu caminhão em frente à casa
Com o peito ardendo em brasa no anseio da chegada
Queria tanto abraçar minha querida
A quem tanto devo a vida e brincar com a garotada.
Ao avistar a casa lotada de gente
Só passou em minha mente uma festa para mim
Vi de repente um pano preto na fachada
Doeu como a punhalada uma dor dentro de mim

Ai sai num desespero quase louco
Os amigos no sufoco tentaram me consolar
Meu coração despedaçou ao ver na mesa
Rodeado de tristeza um corpinho singular
Era o Juninho meu pequeno pedacinho
Que meu nome com carinho fiz tanta questão de dar
Era o Juninho meu pedaço de criança
Que eu trazia na lembrança e que não pode me esperar.

Juninho (Letra) - Valderi e Mizael