OCTYPE html> ALMA DE PIPA (LETRA) - Tribo da Periferia

Alma de Pipa (Letra)

Tribo da Periferia - Letras

Alma de Pipa (Letra) - Tribo da Periferia

Disse que tudo mudou
Que o rolê todo mudou
Disse que agora mudou
Que é outro mundo e mudou
Agora ela tem alma de Pipa avoada
E coração de marguerita gelada
Corpo de Patrícia, mente da quebrada
Um dia foi amada mais não adiantou nada
Descreve ser feliz, mais com outro gosto
A melhor maquiagem e o sorriso no rosto
E ela vai com o seu jeito, que ninguém entende
Mais deseja tê-la, mais almeja tê-la

Exibe esse batom, vem cá! Deixa eu ver
Que eu vou aumentar esse som, e deixa te envolver
Ela namora a lucidez, e mais uma vez
Tá louca na rua, tá solta na rua e sem nome
Sem endereço e sem telefone
Sem sono, sem compromisso
E amanhã é mais um dia de combo
Tudo mudou ela disse que coração não tem dono
E te deixa triste é preciso bem mais que abandono
Porque?

Link Patrocinado

Agora ela tem alma de Pipa avoada
E coração de marguerita gelada
Corpo de Patrícia, mente da quebrada
Um dia foi amada mais não adiantou nada
Descreve ser feliz, mais com outro gosto
A melhor maquiagem e o sorriso no rosto
E ela vai com o seu jeito, que ninguém entende
Mais deseja tê-la, mais almeja tê-la

Uoô
No celular retocando o batom, vendo mensagens que acabou de ler
Uoô
Pegou Uísque e foi sem direção com aquele jeito, que ela sabe ter
E prefere ficar só, mais não sem ninguém
Disse que o amor já foi melhor, hoje melhor é viver bem

Agora ela tem alma de Pipa avoada
E coração de marguerita gelada
Corpo de Patrícia, mente da quebrada
Um dia foi amada mais não adiantou nada
Descreve ser feliz, mais com outro gosto
A melhor maquiagem e o sorriso no rosto
E ela vai com o seu jeito, que ninguém entende
Mais deseja tê-la, mais almeja tê-la
Agora ela tem alma de pipa avoada!

Link Patrocinado

Alma de Pipa (Letra) - Tribo da Periferia