OCTYPE html> PARANOIAS (LETRA) - Rodriguinho

Paranoias (Letra)

Rodriguinho - Letras

Paranoias (Letra) - Rodriguinho

Sempre sonhei
Em alguém como você
De corpo e alma eu me entreguei
Não consegue ver
Que não quero mais ninguém
Vê coisas a onde não tem
E sempre dizendo que eu erro, erro
Pra você tudo tem mistério
E suas loucuras causam intrigas, intrigas
Pra você só falo mentiras

Tá tudo errado (tudo errado)
Ao seu lado (ao seu lado)
É só paranoias (paranoias)
Só paranoias (paranoias)
Eu crio caso (crio caso)
Eu só encho o saco (encho o saco)
Com suas paranoias (paranoias)
Suas paranoias (paranoias)

Sempre sonhei
Em alguém como você
De corpo e alma eu me entreguei
Não consegue ver
Que não quero mais ninguém
Vê coisas a onde não tem
E sempre dizendo que eu erro, erro
Pra você tudo tem mistério
E suas loucuras causam intrigas, intrigas
Pra você só falo mentiras

Tá tudo errado (tudo errado)
Ao seu lado (ao seu lado)
É só paranoias (paranoias)
Só paranoias (paranoias)
Eu crio caso (crio caso)
Eu só encho o saco (encho o saco)
Com suas paranoias (paranoias)
Suas paranoias (paranoias)

Tá tudo errado (tudo errado)
Ao seu lado (ao seu lado)
É só paranoias (paranoias)
Só paranoias (paranoias)
Eu crio caso (crio caso)
Encho o saco (encho o saco)
Com suas paranoias (paranoias)
Suas paranoias (paranoias)

Tá tudo errado (tudo errado)
Ao seu lado (ao seu lado)
É só paranoias (paranoias)
Só paranoias (paranoias)
Eu crio caso (crio caso)
Encho o saco (encho o saco)
Com suas paranoias (paranoias)
Suas paranoias (paranoias)

Paranoias (Letra) - Rodriguinho