OCTYPE html> CINDERELA APARECIDA (LETRA) - Rita Lee

Cinderela Aparecida (Letra)

Rita Lee - Letras

Cinderela Aparecida (Letra) - Rita Lee

Abracadabra, vou rogar uma praga
Tira esse vestido micho
Joga o avental no lixo

Dá-lhe, Cinderela
Mostra com quantas belas se faz uma fera
A bordo de um tomara-que-caia
À la Sarita Montiel
Um rabo-de-saia
Brinco, broche, pulseira, colar e anel

Abracadabra, não mexe com a cabra
Adeus, escrava do tanque
Alô, baronesa punk
Dá-lhe, Cinderela
Mostra com quantas feras se faz uma bela
Que tal uma princesa chique
Caroline, Lady Di
Ou a filha do cacique
Venerável, honorável gueixa chá-de-Xangai

Cida, Cida, Cida
Cinderela Aparecida

Falado:

– Vem cá menina! Você precisa se empinar um pouco, peito
pra frente, bunda pra trás!
– O que uma fada-madrinha não faz?
– Um jeitinho no cabelo, uma overdose de organdi, aqui e
ali!
– Ai, meu Deus, que coisa romântica!

Cida, Cida, Cida
Cinderela Aparecida, você tá demais!

Falado:

– Ficou bom mesmo, não? Ótimo!

Cinderela Aparecida (Letra) - Rita Lee