OCTYPE html> CARRANCA (LETRA) - Project46

Carranca (Letra)

Project46 - Letras

Carranca (Letra) - Project46

Quem veio da terra esquecida por Deus?
E jogado de lado sua vida perdeu
Com bondade na alma o mal corroeu
E espera ansioso por sua vez
E que entra no jogo que dita as leis
E de braços cruzados você vira freguês

Então nego, pode acreditar
A quadrilha não pára quando um lado chorar
Quero ver quem pá
Não adianta implorar
Se liga djow, vamos ver quem pá!
A quadrilha só pára quando um lado sangrar
Agora quem que pá? Não adianta chorar

Quem veio da terra esquecida por Deus?
E jogado de lado sua vida perdeu
Com bondade na alma o mal corroeu
E espera ansioso por sua vez
E que entra no jogo que dita as leis
E de braços cruzados você vira freguês

Então nego, pode acreditar
A quadrilha não pára quando um lado chorar
Quero ver quem pá
Não adianta implorar
Se liga djow, vamos ver quem pá
A quadrilha só pára quando um lado sangrar
Agora quem que pá? Não adianta sangrar

A vida dita, a vida manda, quem não segue desanda
E não tem saída ou encara ou apanha
Não tem esquiva e ela bate com toda a fé
Cabe a você ter coragem pra ficar de pé

Quem veio da terra esquecida por Deus?
E jogado de lado sua vida perdeu
Com bondade na alma o mal corroeu
E espera ansioso por sua vez
E que entra no jogo que dita as leis
E de braços cruzados você vira freguês

Não vai, jamais, não irá ceder
Não deixe que o mal domine você

E quanto aos Deuses, enquanto o seu Deus reinar
Não há mais saída, não tente escapar
E quanto aos anjos, e se seu anjo falhar?

E quanto as preces, e quando a prece acabar?
Não há mais perdão quando a vela apagar
A vela só apaga quando a alma queimar
A alma só queima se o fogo apagar

Ele reina na terra e se julga Deus
É o dono do morro ou escravo da vez
O refém da miséria virou um burguês
E nasce descrente do seu Deus
Sua única chance, o samba que fez
Com a arma na mão isso se desfez

Então nego, pode acreditar
A quadrilha não pára quando um lado chorar
Quero ver quem pá!
Não adianta implorar
Se liga djow, vamos ver quem pá!
A quadrilha só pára quando um lado sangrar
Agora quem que pá? Não adianta…

Não terá mal nessas terras quando o carnaval chegar ao seu fim

Não vai jamais, não irá ceder
Não vai jamais, não irá ceder

Seja o enredo do samba
Seja o enredo do samba
Seja o enredo do samba

Viva com a sua carranca

Carranca (Letra) - Project46