OCTYPE html> DOIDA DE VARRER (LETRA) - Moinho

Doida de Varrer (Letra)

Moinho - Letras

Doida de Varrer (Letra) - Moinho

Me pede
Promete
Devolve
Vacila
Se enrola
Me deixa
E agora você vem dizendo
Que ele já era assim quando eu cheguei

Me liga
Discute
Desliga
Irrita
Arrepende não ah quem agüente eu já até to vendo
Numa hora dessas eu vou me aborrecer.

Se eu continuar falando dele
Não é hoje que eu vou terminar
È doido de varrer
Mas sabe me aquecer
Ele sabe me levar
É lindo de se ver
Só me faz ferver
Ele sabe incendiar.

Se eu falo os nossos problemas
Ele me manda parar e diz:
A vida é curta pra ser pequena amor
Não vale a pena reclamar.

Me pede
Promete
Devolve
Vacila
Se enrola
Me deixa e agora você vem dizendo,
Que ele já era assim quando eu cheguei

Me liga
Discute
Desliga
Irrita
Arrepende,não há quem agüente
Eu já até to vendo
Numa hora dessas eu vou me aborrecer.

Se eu falo os nossos problemas
Ele me manda parar e diz:
A vida é curta pra ser pequena amor
Não vale a pena reclamar

Se eu falo os nossos problemas
Ele me manda parar e diz:
A vida e curta pra ser pequena amor
Não vale a pena reclamar

Doida de Varrer (Letra) - Moinho