OCTYPE html> FLASHBACKS (LETRA) - Menestrel

Flashbacks (Letra)

Menestrel - Letras

Flashbacks (Letra) - Menestrel

Skrr, skrr
Uh uh uh

Foi com menos aparência e com muita paciência que domei seu tesão
Não diga pra eu parar
Que o jeito que eu te toco te causa erupção
Caos interno, atração, raiva ardente que sobe
Atento ao movimentos das minhas mãos
Eu tô sentindo a goteja de perigo
A saudade ficar de quem não marcou de vir
O que impacta em você, gera o ruído que quer ouvir
Você gemendo que me ama, e eu digo: “duvido”
Eu digo é por isso, eu penso comigo
Suspendo meu vício ou vou virar refém
Mil planos destruídos, seu coração, um precipício
Atualmente cê atua bem
Não me afasto de ti, esse é meu dilema
Mais difícil que você é minha paixão por problema
Amor de gasolina e fogo, tântrico, foice, algema e libido

Não, não, não, não… Como sempre
Você me diz, me pergunta que hora, que dia
Que você tem pra voltar
Yal yal yal
Querendo voltar, mas não hoje
Memórias que o tempo não trouxe
Mas vive a liberdade que me dá (que me dá)
Que me dá, que me dá
Mas vive a liberdade que me dá (que me dá)

Um jogo de pega pega com seu próprio devaneio
Comigo é pique esconde, não te joguei de escanteio
Posições igual gif de tweet de sex girl
Mira igual rifle, olha o reflexo
Molda o estético, à frente do sexo
Acima das nuvens, ramo complexo
Desculpa fajuta, eram outros tempos
Precisando de ajuda, seletivo a quem conecto
Estamos presos nesse século
Perguntas pro oráculo
Então se é como eu entendi, tudo vai acabar em débito
Molda o estético, à frente do sexo
Acima das nuvens, ramo complexo
Desculpa fajuta, eram outros tempos
Precisando de ajuda, seletivo a quem conecto
Estamos presos nesse século
Perguntas pro oráculo
Então se é como eu entendi, tudo vai acabar em débito
Ou tudo vai acabar em sexo
Mira teus olhos no que diz ser verdade
Porque quando fui sua verdade, lembrou que cê me disse assim

Não, não, não, não… Como sempre
Você me diz, me pergunta que hora, que dia
Que você tem pra voltar
Yal yal yal
Querendo voltar, mas não hoje
Memórias que o tempo não trouxe
Mas vive a liberdade que me dá (que me dá)
Que me dá, que me dá
Mas vive a liberdade que me dá (que me dá)

Flashbacks (Letra) - Menestrel