OCTYPE html> POSITIVO E NEGATIVO (LETRA) - Luizinho e Limeira

Positivo e Negativo (Letra)

Luizinho e Limeira - Letras

Positivo e Negativo (Letra) - Luizinho e Limeira

Hoje a vida, nos prega varias fita.
Essa por exemplo hum c nem acredita
O barato é tipo eletricidade
É positivo e negativo a polaridade
Positivo nasceu com a lua
Negativo com o solsão na nuca
É mal sabiam q o barato ia ser doido
Um dia se trombariam na cena do loco
He o mesmo sangue também os mesmos pais
Só os pensamentos q nunca foram iguais
Veio maioridade junto com a maturidade
E a formatura trouxe logo a verdade
Positivo recebeu o seu canudo
Hobim hood versão novo mundo
Negativo também se formaria
Mas a serviço do rei com a farda cinza

O Hobim Hood da favela eu sou
Minha floresta tem barraco e dor
Mas a esperança ainda emana seu brilho
Sempre em frente firmou positivo
Eu sou da guarda real irracional destrutiva
Sou o perigo de farda canhão distintivo
Na ação não existe parente ou amigo
Sou o carrasco de cinza eu sou negativo

Caminhos definidos destinos traçados
E o positivo já foi dando o primeiro pro alto
Não foi a esmo e teve rumo certo
Já destruiu o circuito de câmera interno
Capuz na cara eu só quero o dinheiro
Vai já tranquei playboyzada no banheiro
Mas sobrou um escondido no balcão
Rapidamente os alarmes soaram não
Não demoro e já colo uma viatura
“então vou porta dos fundos que já da na outra rua”
“fui meti o pé pra sai rapidamente”
“já dei de cara com o gambé na minha frente”
“gritando, correndo vinha em minha direção”
“foi desesperado, então levo um escorregão”
“caiu na minha frente sem nenhuma reação”
“he veja só como as coisa são”
“olhei pra cara dele vi que era meu irmão”
“pode se levantar vai rapa logo daqui”
“sou o teu irmão te considero mesmo assim”

O hobim hood da favela eu sou
Minha floresta tem barraco e dor
Mas a esperança ainda emana seu brilho
Sempre em frente firmou positivo
Eu sou da guarda real irracional destrutiva
Sou o perigo de farda canhão distintivo
Na ação não existe parente ou amigo
Sou o carrasco de cinza eu sou negativo

Positivo agora é fuga no santana prata
E o negativo já passo pelo radio a placa
Tome cuidado ele ta totalmente nervoso
Também armado e é muito perigoso
Já deu a fita para todos que estavam na ativa
Era seu irmão, mas falou mais alto a farda cinza.
Negativo então parou e ficou a pensar
Aonde é que o vagabundo a de estar
E se lembrou das brincadeiras de quando criança
O sonho do irmão era mora no esperança
Bairro pequeno fica logo ali em frente
Mas positivo sempre quis ajudar essa gente
Já deu um tapa no moleque gritou ameaçou
Pois o oitão na cara e não teve como falou
Negativo já foi logo enquadrando e viu
Uma mulher com uma criança no colo chorando
Mão pro alto seis ta preso eu to falando serio
Passa logo a arma antes que te mande pro cemitério
Positivo levantou estava bem tranqüilo
Imaginou que seu irmão nunca faria isso
Então correu para a porta dos fundos
Mas não tem jeito a policia é a pior raça do mundo

O hobim hood da favela eu sou
Minha floresta tem barraco e dor
Mas a esperança ainda emana seu brilho
Sempre em frente firmou positivo
Eu sou da guarda real irracional destrutiva
Sou o perigo de farda canhão distintivo
Na ação não existe parente ou amigo
Sou o carrasco de cinza eu sou negativo

Positivo e Negativo (Letra) - Luizinho e Limeira