OCTYPE html> DEDO PODRE (LETRA) - Luiza e Maurílio

Dedo Podre (Letra)

Luiza e Maurílio - Letras

Dedo Podre (Letra) - Luiza e Maurílio

Eu encontrei um homem tão perfeito
Inteligente, todo educado
Faz poesia em guardanapo
Odeia cigarro e abre a porta do carro

Só faz amor olhando nos meus olhos
É todo cuidadoso pra tocar em mim
Nunca passa da segunda dose
Certinho igual a esse eu nunca vi

Minhas amigas perguntando
Onde eu acho um homem assim?
Não que eu esteja reclamando
Mas esse não foi feito pra mim

Não mando no meu coração
Eu gosto de um cara que só fala palavrão
Vive na madrugada e não me dá atenção
É grosso, sem futuro
Mas eu gosto desse troço
Quanto mais pisa eu gosto

Eu gosto de um cara que só fala palavrão
Vive na madrugada e não me dá atenção
O coração tem dedo podre
E o meu corpo caiu nessa
Que pena que eu gosto de quem não presta

Dedo Podre (Letra) - Luiza e Maurílio