OCTYPE html> CAMINHÃO DE TINTA (LETRA) - Lucas Lucco

Caminhão de Tinta (Letra)

Lucas Lucco - Letras

Caminhão de Tinta (Letra) - Lucas Lucco

Mal respondeu direito o seu nome
Não dá moral, imagina o telefone
Não sei se faço o seu tipo, seu gosto
Fui dar um beijo na sua boca
Escorregou e foi pro rosto

E é cada vontade que eu passo
Desse jeito difícil eu me apaixono fácil
E pra quem falou que eu sou exagerado
Não tá errado

Eu vou comprar um caminhão de tinta
Pra ver se pinta um clima
Você não vai querer saber de outra cor
Quando eu pintar a sua vida amor
(x2)

E é cada vontade que eu passo
Desse jeito difícil eu me apaixono fácil
E pra quem falou que eu sou exagerado
Não tá errado

Eu vou comprar um caminhão de tinta
Pra ver se pinta um clima
Você não vai querer saber de outra cor
Quando eu pintar a sua vida amor
(x2)

Amarelo, Vermelho, Azul
Você que escolhe

Pintar a sua vida, amor

Mal respondeu direito o seu nome
Não dá moral, imagina o telefone
Não sei se faço o seu tipo, seu gosto
Fui dar um beijo na sua boca
Escorregou e foi pro rosto

E é cada vontade que eu passo
Desse jeito difícil eu me apaixono fácil
E pra quem falou que eu sou exagerado
Não tá errado

Eu vou comprar um caminhão de tinta
Pra ver se pinta um clima
Você não vai querer saber de outra cor
Quando eu pintar a sua vida amor
(x2)

E é cada vontade que eu passo
Desse jeito difícil eu me apaixono fácil
E pra quem falou que eu sou exagerado
Não tá errado

Eu vou comprar um caminhão de tinta
Pra ver se pinta um clima
Você não vai querer saber de outra cor
Quando eu pintar a sua vida amor
(x2)

Amarelo, Vermelho, Azul
Você que escolhe

Pintar a sua vida, amor

Caminhão de Tinta (Letra) - Lucas Lucco