OCTYPE html> TREM DAS COISAS (LETRA) - Lô Borges

Trem Das Coisas (Letra)

Lô Borges - Letras

Trem Das Coisas (Letra) - Lô Borges

A coisa que vem viaja de trem
E vai muito mais além
A todo vapor bateu seu tambor
É claro que eu também vou
Pegar meu lugar no trilho do som
Vibrar o metal veloz
E pega seu trem que a coisa já vem
Mais rápida do que nós
Chegar um irmão viola na mão
Desatam-se todos nós
Então fica assim: não chores por mim
Que o rio chegou na foz

Se a lua sumir em vez de nascer
Segura que eu quero ver
Você remexer brilhar como sol
Sereia no meu anzol
E pega seu trem que a coisa já vem
Mais rápida do que nós
Vem tão natural e toca geral
Mineiros e esquimós
Luar do sertão, Manhattan e tal
É solo de coração
Então fica assim: rolar no capim
Que a música não tem fim

A coisa que vem viaja de trem
E vai muito mais além
A todo vapor bateu seu tambor
É claro que eu também vou
Pegar meu lugar no trilho do som
Vibrar o metal veloz
E pega seu trem que a coisa já vem
Mais rápida do que nós
Luar do sertão, Manhattan e tal
É solo de coração
Então fica assim: não chores por mim
Que a música não tem fim

Trem Das Coisas (Letra) - Lô Borges