OCTYPE html> A PARÁBOLA DO VENTO (LETRA) - Lauriete

A Parábola do Vento (Letra)

Lauriete - Letras

A Parábola do Vento (Letra) - Lauriete

I
O vento sopra e agita as águas
Balança os galhos e espalha a chuva
O vento carrega as folhas
E leva e traz e põe aonde quer
Certa vez eu fiquei meditando no trabalho do vento
E entendi muito mais
A gente não enxerga o vento,
mas consegue ver as obras que ele faz
A gente não enxerga o vento,
mas consegue ver as obras que ele faz

Coro
Assim é o meu Deus mistério sem par
Meus olhos não o vêem mas eu posso sentir ele operar
Tal qual como o vento assim Ele faz
Age no momento e mostra suas obras no meio de nós

II
Contemple as obras do vento num só momento você pode ver
Tu vais ficar admirado dizendo espantado como posso entender
Certa vez eu fiquei meditando no trabalho do vento
E entendi muito mais
A gente não enxerga o vento, mas consegue ver as obras que ele faz
A gente não enxerga o vento, mas consegue ver as obras que de faz

A Parábola do Vento (Letra) - Lauriete