OCTYPE html> POR ACASO (LETRA) - José Augusto

Por Acaso (Letra)

José Augusto - Letras

Por Acaso (Letra) - José Augusto

Um dia a gente se encontrou
Não sei se por acaso ou predestinação
Só sei que o fogo da paixão
Entrou em nossas vidas como um sonho bom
A gente nem sabia mais
O gosto da tristeza e foi muito feliz
Um era simplesmente o que o outro quis
E a gente se amou demais

Um dia a gente se perdeu
E tudo que era nosso aos poucos se amargou
O sonho cor de rosa se despetalou
O amor feito em pedaços caiu pelo chão
Eu bem que tentei reagir
Mas tudo foi em vão você fugiu de mim
Eu era tão alegre e hoje sou assim
Morrendo de tristeza

REFRÃO:
Foi assim
E não consigo mais me conformar
Ver tudo isso se perder no ar
Ficando na lembrança
Vem prá mim
Eu posso te entender e perdoar
Você podia ao menos me ajudar
Na última esperança

Por Acaso (Letra) - José Augusto