OCTYPE html> PROPAGANDA (LETRA) - Jorge e Mateus

Propaganda (Letra)

Jorge e Mateus - Letras

Propaganda (Letra) - Jorge e Mateus

Ela queima o arroz
Quebra copo na pia
Tropeça no sofá
Machuca o dedinho e a culpa ainda é minha
Ela ronca demais
Mancha as minhas camisas
Dá até medo de olhar quando ela tá naqueles dias

É isso que eu falo pros outros
Mas você sabe que o esquema é outro
Só faço isso pra malandro não querer crescer o olho
Tá doido que eu vou fazer propaganda de você
Isso não é medo de te perder, amor
É pavor, é pavor
É minha, cuido mesmo, pronto e acabou

Ela queima o arroz
Quebra copo na pia
Tropeça no sofá
Machuca o dedinho e a culpa ainda é minha
Ela ronca demais
Mancha as minhas camisas
Dá até medo de olhar quando ela tá naqueles dias

É isso que eu falo pros outros
Mas você sabe que o esquema é outro
Só faço isso pra malandro não querer crescer o olho
Tá doido que eu vou fazer propaganda de você
Isso não é medo de te perder, amor
É pavor, é pavor
É minha, cuido mesmo, pronto e acabou

Ela queima o arroz
Quebra copo na pia
Tropeça no sofá
Machuca o dedinho e a culpa ainda é minha
Ela ronca demais
Mancha as minhas camisas
Dá até medo de olhar quando ela tá naqueles dias

É isso que eu falo pros outros
Mas você sabe que o esquema é outro
Só faço isso pra malandro não querer crescer o olho
Tá doido que eu vou fazer propaganda de você
Isso não é medo de te perder, amor
É pavor, é pavor
É minha, cuido mesmo, pronto e acabou

Propaganda (Letra) - Jorge e Mateus