OCTYPE html> CONSELHO DE PAI (LETRA) - Fred e Gustavo

Conselho de Pai (Letra)

Fred e Gustavo - Letras

Conselho de Pai (Letra) - Fred e Gustavo

Desde de menino o meu pai me ensinou
Que homem de verdade
Não nega vontade é namorador
No mundo inteiro nada ‘mió’ que ‘muié’
Se Deus fez tá guardado
Costela que nada, mulher vem do filé

Amanheço na pinga, com essas meninas
Eu tô rodeado de noite e de dia
Ralo o mês inteiro, só pra ter dinheiro pra elas gastar
Elas sentem um fungado no pé do ouvido
Já vou com a mão e suspendo o vestido
Escuto um gemido, tremeu os cambito, amanhã vai voltar

Desde de menino o meu pai me ensinou
Que homem de verdade
Não nega vontade é namorador
No mundo inteiro nada ‘mió’ que ‘muié’
Se Deus fez tá guardado
Costela que nada, mulher vem do filé

Chega dar suadeira de ver as cadeira
Da loira ‘sorteira’, ‘muié’ de primeira
Fico assanhado, vestido colado, com um decotão
Arrepio na cacunda, morena pernuda
Cabelo esticado, encostando na bunda
O pai tá orgulhoso, do ‘fi’ poderoso, que pôs no mundão

Desde de menino o meu pai me ensinou
Que homem de verdade
Não nega vontade é namorador
No mundo inteiro nada ‘mió’ que ‘muié’
Se Deus fez tá guardado
Costela que nada, mulher vem do filé

Desde de menino o meu pai me ensinou
Que homem de verdade
Não nega vontade é namorador
No mundo inteiro nada ‘mió’ que ‘muié’
Se Deus fez tá guardado
Costela que nada, mulher vem do filé

Conselho de Pai (Letra) - Fred e Gustavo