OCTYPE html> NOVA MULHER (LETRA) - Erasmo Carlos

Nova Mulher (Letra)

Erasmo Carlos - Letras

Nova Mulher (Letra) - Erasmo Carlos

Meu amor é uma sombra
E quando pensa
Só se lembra dos contornos de si própria
Em sua cabeça
Já não moram o honesto e o sincero
Mas eu a quero
Seja como aconteça

Quando olho nos seus olhos
Tão distantes
E tão claros como o céu de Ipanema
No meu cinema
Já não sei se é castigo ou se é poema
Mas o que eu quero é ver
Um filme que eu não me esqueça

Quando ela anda
Faz desandar o coração dos homens
E quando pára
Faz quase parar o coração dos homens

Quem não quer
Essa mulher
Louca mulher
Só pra sentir o gosto
Do prazer
Falso querer
Puro lazer
Mergulhar nesse corpo nu

Quando seus olhos me olham
Cintilantes
Tão cortantes quanto o fio da navalha
Eu, no meu teatro
Já não sei se é pintura ou retrato
Mas o que eu quero é ser
O domador do seu silêncio

Nova Mulher (Letra) - Erasmo Carlos