OCTYPE html> BURACO NEGRO (LETRA) - Erasmo Carlos

Buraco Negro (Letra)

Erasmo Carlos - Letras

Buraco Negro (Letra) - Erasmo Carlos

Na contagem regressiva
Parte um foguete
Pra uma farra nas estrelas
Além dos anos-luz
Sente no horizonte
Um céu de purpurina
Como se a grandeza do infinito
Fosse a alma feminina
Vendo olhos cor de prata
Em vez de luas
Nebulosas confundidas
Com imagens nuas
Fã dessa miragem
Tão astral enfeite
Mama a via-lacta de hera
Com os seus vulcões de leite
Ví pulsar constelações
Igual celestes corações
Linda orgia cintilante
Um sonho delirante

Rumo ao núcleo da galáxia
Segue o foguete
Pela glória da conquista
De amores cósmicos
Fonte de energia
Fim da dimensão
Acha que desvenda no seu alvo
Os mistérios da paixão
E pensando que o Universo
Era um corpo de mulher
Mergulhou de cara no turbilhão
Com prazer desapareceu
Num buraco negro se perdeu

Buraco Negro (Letra) - Erasmo Carlos