OCTYPE html> BROTO DO JACARÉ (LETRA) - Erasmo Carlos

Broto do Jacaré (Letra)

Erasmo Carlos - Letras

Broto do Jacaré (Letra) - Erasmo Carlos

Vinha deslizando em minha prancha sozinho
E falei ao ver passar por mim um brotinho
Que bonitinha que ela é deslizando num jacaré

Ela me sorriu e uma coisa então
Eu tinha que fazer para chamar a atenção
Abri os braços, gritei bem alto, deslizando num jacaré

Ah, mas uma onda mais forte chegou
E fora da prancha me atirou
Quase que morro, quase me afoguei
E quando voltei o broto não encontrei

Hei, a minha prancha o vento para longe levou
Bebi água salgada porque não dava pé
Peguei a prancha, mas não encontrei o broto do jacaré

Oh, yeah, yeah, ah ah…
Yeah, yeah…
Hei, hei..
Hei, hei, hei, ah, ah, ah…

Mas uma onda mais forte chegou
E fora da prancha me atirou
Quase que morro, quase me afoguei
E quando voltei o broto não encontrei

Hei, a minha prancha o vento para longe levou
Bebi água salgada porque não dava pé
Peguei a prancha, mas não encontrei o broto do jacaré
Oh, yeah… o broto do jacaré
Oh, yeah… o broto do jacaré
Oh… o broto do jacaré
Hum… o broto do jacaré
O broto do jacaré

Broto do Jacaré (Letra) - Erasmo Carlos