OCTYPE html> BANDEIRA (LETRA) - Delfins

Bandeira (Letra)

Delfins - Letras

Bandeira (Letra) - Delfins

“quando alguém nasce
nasce selvagem
não é de ninguém”

… para João Grosso

Qual u agitar de um pano ao céu que é sincero?
que vento dessa ondulação verdadeiro?

i a bandeira que jurares
servirá pra ti? sevirá alguém?

está na tua mão! está na tua mão!
está na tua mão unificar a bandeira
bandeira!

i as ideias (i os soldados)
que nascerem (que tombarem)
precisarão da cor (precisarão do amor)
de uma pátria-mãe?

está na tua mão! está na tua mão!
está na tua mão unificar a bandeira
bandeira!

olha
milhares de homens
rebentam luas por bandeiras
sonham
milhares de sonhos
morrem nas ruas por froneiras
serás só mais um?

está na tua mão! está na tua mão!

está na tua mão… a bandeira

Bandeira (Letra) - Delfins