OCTYPE html> SOZIN (LETRA) - Choice

Sozin (Letra)

Choice - Letras

Sozin (Letra) - Choice

Sozin
Sozin

Deixa eu te perguntar uma fita
Já se sentiu sozinho de verdade
Olhou ao seu redor
Com uma sensação esquisita
Contou no dedo os que são de verdade
E quando mais precisou não recebeu uma visita?
Então ce parece comigo
Talvez me entenda
Talvez me ache idiota
Por me entregar demais
Talvez aprenda falando comigo
Que a vida te banda e ainda
Pisa em você pra não levantar nunca mais
Talvez a queda te faça melhor
Talvez te transforme num merda
Que não entende o valor inigualável
Do suor, pois não suou e ficou só
Sem entender como quem tava do seu lado
Hoje é inalcançável

Pra você
Se lembrar
De tudo que viveu
Pra você recordar
Quem nunca mais voltou
Pra você
Se lembrar
De quem você já foi
Pra que se envergonhar
Era só você
De quem você já foi
Pra que se envergonhar
Era só você

Usam ódio de combustível
Movem-se como loucos
Dois minutos de ódio
Pra essa plateia é pouco
Querem minha alma
Letras não são suficientes
Pra essas pessoas vazias
Frias, fúteis, decadentes
Décadas até o presente
São os mesmo inúteis
Inguias contra serpentes
Navios contra correntes
Serventes trazendo sangue
E eu fazendo o meu de tinta
Nada pode apagar as cores
Que o coração pinta
Acorde mais cedo amanhã
Se olhe no espelho
Já pensando exatamente
No que quer ser amanhã
Deixe o espelho e volte amanhã
Então repare se ainda é a mesma coisa
Que você enxerga no espelho
Acho que não
Volte amanhã mais decidido
Faça de novo
Faça isso comigo também
Acredite em você como eu acredito
Se torne o que você nem acredita e vá além

Pra você
Se lembrar
De tudo que viveu
Pra você recordar
Quem nunca mais voltou
Pra você
Se lembrar
De quem você já foi
Pra que se envergonhar
Era só você
Pra que se envergonhar
Era só você

Sozin (Letra) - Choice