OCTYPE html> QUANDO AS BOCAS JÁ SE CONHECEM (PART HUGO E VICTOR) (LETRA) - Bruninho e Davi

Quando as Bocas Já Se Conhecem (part Hugo e Victor) (Letra)

Bruninho e Davi - Letras

Quando as Bocas Já Se Conhecem (part Hugo e Victor) (Letra) - Bruninho e Davi

Pensei que tava certo
Não tinha brincadeira
Nosso amor acabou de acabar
Você que fez besteira

Orgulhoso demais
Cabeça erguida
Bola pra frente, não vou me abalar
Vou seguir minha vida

Mas não é bem assim
O destino aparece pra me atormentar

E quando as bocas já se conhecem
Até um beijo no rosto fica difícil de dar
Mas quando as bocas já se conhecem
É impossível tentar resistir, desviar o olhar

O destino maldoso
Porque que eu fui te encontrar
Quando as bocas já se conhecem
O beijo no rosto é difícil de dar

O frio na barriga
E a gente volta atrás
Te perdoo
Vem logo me amar
E quando as bocas já se conhecem
Até um beijo no rosto fica difícil de dar
Mas quando as bocas já se conhecem
É impossível tentar resistir, desviar o olhar

O destino maldoso
Porque que eu fui te encontrar
Quando as bocas já se conhecem
O beijo no rosto é difícil de dar

O frio na barriga
E a gente volta atrás
Te perdoo
Vem logo me amar

Pensei que tava certo
Não tinha brincadeira
Nosso amor acabou de acabar
Você que fez besteira

Orgulhoso demais
Cabeça erguida
Bola pra frente, não vou me abalar
Vou seguir minha vida

Mas não é bem assim
O destino aparece pra me atormentar

E quando as bocas já se conhecem
Até um beijo no rosto fica difícil de dar
Mas quando as bocas já se conhecem
É impossível tentar resistir, desviar o olhar

O destino maldoso
Porque que eu fui te encontrar
Quando as bocas já se conhecem
O beijo no rosto é difícil de dar

O frio na barriga
E a gente volta atrás
Te perdoo
Vem logo me amar
E quando as bocas já se conhecem
Até um beijo no rosto fica difícil de dar
Mas quando as bocas já se conhecem
É impossível tentar resistir, desviar o olhar

O destino maldoso
Porque que eu fui te encontrar
Quando as bocas já se conhecem
O beijo no rosto é difícil de dar

O frio na barriga
E a gente volta atrás
Te perdoo
Vem logo me amar

Quando as Bocas Já Se Conhecem (part Hugo e Victor) (Letra) - Bruninho e Davi