OCTYPE html> THE CURSE (TRADUÇÃO) - Agnes Obel

The Curse (Tradução)

Agnes Obel - Letras

The Curse (Tradução) - Agnes Obel

E as pessoas foram para seus esconderijos
No começo elas não sabiam exatamente porquê
O inverno chegou e se tornou tão parecido, parecido
Debaixo da grama cresceria, visando ao céu

Foi rápido, foi apenas mais uma outra onda de um milagre
Mas ninguém, de jeito nenhum iria para matar
Se eles chamaram cada alma na terra em movimento
Então só eles saberão o que é uma benção disfarçada

A maldição dominava do subsolo à margem do mar
E sua esperança cresceu faminta de viver diferente de antes
A maldição dominava do subsolo à margem do mar
E sua esperança cresceu faminta de viver diferente de antes

Diga-me agora da própria alma, que são parecidos, parecidos
Conhece essa opressão cobrindo seus olhos?
Se eu chamar em cada alma na terra em movimento
Diga-me se eu nunca vou conhecer uma bênção disfarçada

A maldição dominava do subsolo à margem do mar
E sua esperança cresceu faminta de viver diferente de antes
A maldição dominava do subsolo à margem do mar
E sua esperança cresceu faminta de viver diferente de antes

The Curse (Tradução) - Agnes Obel